sexta-feira, 12 de outubro de 2007

OLHA PARA O QUE EU DIGO...

Parte-se do princípio que, uma instituição, com responsabilidades morais e sociais em todo o mundo, cuja doutrina que difunde se baseia, essencialmente, em ajudar o próximo, e que tem condições para desembolsar mais de 80 milhões de euros para a construção de uma basílica, ainda por cima sem recorrer ao crédito, só pode estar com a consciência perfeitamente tranquila em relação à fome e a outras desgraças que grassam pelo mundo.

I


cartoon de vrijeme srca (hrv) - 2006

4 comentários:

António Luís disse...

Vivemos num mundo de memória flexível...

recepcionista disse...

Tão flexível que até dói.

Anónimo disse...

Provavelmente terão a consciência "tranquila" demais...trata-se de amnésia colectiva!

Bom fim de semana

P.

cferreira disse...

Pois é. É grave saber que o dinheiro dos fiéis apenas serve para a imponência, e não para ajudar instituições, a matar a fome, enfim, ajudar o próximo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...